Resultados da sua pesquisa

Rio de outro ângulo

Postado por Marcelo Allevato em 19 de dezembro de 2013
| 0

O Rio de Janeiro tem diversas facetas, cercado pelos morros que compõe a sua maravilhosa paisagem existem diversos destinos para quem gosta de uma aventura.
Separamos algumas trilhas para você se aventurar pelo Rio como gostam os cariocas:

pedra-bonita

– Pedra Bonita:
Tem seu início na Estrada das Canoas, no Parque Nacional da Tijuca, o trajeto dura por volta de 30 à 40 minutos. Próxima a trilha tem a rampa onde partem os voos de parapente e asa delta.

– Morro da Urca:
A trilha que vai até o topo do Morro da urca leva cerca de 40 minutos de caminhada. Mas a recompensa no final da trilha é indescritível. A trilha que tem início no canto esquerdo da Praia Vermelha, no seu final oferece uma linda vista para a Baía de Guanabara. Se ao final do trajeto o aventureiro ainda tiver pique, pode comprar o ingresso do bondinho para subir até o Pão de Açúcar. Ou se quiser conhecer os bares da região, a Urca oferece muitos bares com gente bonita e um ótimo visual para terminar a noite.

– Morro dois Irmãos:
Uma das mais atraentes paisagens do Rio, e um dos mais conhecidos cartões postais, tem seu início no Vidigal. O caminho não exige muito esforço, já que possui apenas 1,5km de trilha para subir até o Irmão maior. O mirante que mostra o visual completo da Zona Sul, conhecido como irmão menor pode ser acessado de van, carro, etc.

– Pedra da Gávea:
O trajeto é longo e exige bastante um bom condicionamento físico, é considerada uma das trilhas mais difíceis e perigosas para se fazer. É extremamente importante ter um guia experiente para realizar o trajeto, já que no final da trilha tem uma escalada de 30 metros. Porém a vista é uma das melhores do Rio de Janeiro. Fica localizado do Parque Nacional da Tijuca.

– Parque Lage/ Corcovado:
O Parque Lage possui muitas atrações naturais, mas uma delas é a trilha do Morro do Corcovado. A trilha é pesada e também perigosa, é recomendada a presença de um guia. O trajeto permite um ótimo contato com a natureza, pelo caminho são encontrados diversos animais e cascatas para aproveitar um rápido descanso. Fica localizado do Parque Nacional da Tijuca.

– Vista Chinesa:
A trilha é toda pavimentada e de fácil acesso. Embora exija preparação física, vale a ida de bicicleta ou uma corrida até o monumento.

– Pico da Tijuca:
É o ponto mais alto da Floresta da Tijuca, mas não é considerada uma trilha perigosa ou difícil, embora tenham pontos de subida íngreme, é bem sinalizada. Com 1.022 metros de altura, e fácil ver o Estádio do Maracanã e a Baía de Guanabara lá de cima.

– Pico Tijuca Mirim:
A trilha é iniciada pela principal trilha da Floresta da Tijuca. O trajeto não exige tato esforço físico e proporciona vista para a Zona Norte Carioca.

– Cachoeira da Almas:
Ainda na Floresta da Tijuca, a trilha é basicamente uma descida. O trajeto totalmente envolto pela Mata Atlântica, passa por rios, formações rochosas, etc.

– Circuito das Grutas:
O circuito passa por diversas grutas, como a Gruta dos Morcegos, a Gruta do Archer e a Gruta do Belmiro. A caminhada exige atenção por ser feita em terreno irregular. A trilha fica localizada no Parque Nacional d Tijuca.

imagens-barra-da-tijuca-fc6a52

pico-do-sacopa

– Pico do Sapocã:
A trilha se inicia próximo a Lagoa Rodrigo de Freitas, no Parque da Catacumba. Em uma leve caminhada de 20 minutos é possível chegar ao pico de sapocã. O trajeto é recomendado para todas as idades, o visual é deslumbrante.

Convencido de ver a cidade de outro ângulo e quer procurar uma administradora de imóveis no Rio de Janeiro para aluguel de temporada? Venha para a RioKasa.

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Centro - Sede Própria

Rua Sete de Setembro, 92 - 15º Andar
Centro - Rio de Janeiro - RJ
+55 (21) 2221-7232